Com Quantos Anos o Filho Pode Escolher com Quem Ficar? Guia 2022

por

É uma triste realidade para muitos, mas muitos pais se separam, por conta de brigas, desentendimentos ou por falta de amor no casamento ou namoro.

Por conta disso, acaba ocorrendo um processo de guarda da criança, que muitas vezes gera confusão e desentendimento.

Por esse motivo, fui atrás de uma conhecida que é advogada, tirar algumas dúvidas sobre a guarda da criança.

com quantos anos o filho pode escolher com quem ficar

Por isso, no artigo de hoje vou estar te respondendo com quantos anos o filho pode escolher com quem ficar, então continue lendo!

Com quantos anos o filho pode escolher com quem ficar?

Se seu filho for mais novo, caberá ao juiz decidir quem terá a guarda da criança, ou muitas vezes acaba que a guarda será compartilhada.

Ou seja, ambos pais possuem a guarda ou apenas um.

E caso seu filho já tenha de 8 a 12 anos ele já pode influenciar ou decidir com quem quer ficar, pai ou mãe.

Com 8 anos o filho pode influenciar na decisão, com essa idade a criança já é ouvida e sua opinião levada em consideração. 

Com 12 anos a criança tem o direito de escolher se quer ficar com o pai ou com a mãe.

É necessário lembrar que nem sempre será acatado pelo juiz a opinião e escolha da criança.

Quando você pode perder a guarda da criança

Alguns fatos são levados em consideração na hora da decisão do juiz sobre quem a criança deve ficar.

filho pode escolher com quem vai morar

Fatos que podem fazer você perder a guarda:

Se você ou outro responsável tiver ganho a guarda e a criança falar algo que ela não gosta é bom levar isso em conta.

Porque se caso em alguma sessão ela denunciar esse caso a pessoa que está com a guarda pode perdê-la. 

A falta, omissão ou abuso contra a criança podem causar a perda da guarda.

Pode-se perder a guarda também quando é praticado quaisquer tipo de violência, agressão ou ameaças físicas ou verbais contra a criança.

Temos um artigo completo aqui no blog com motivos que podem fazer a mãe perder a guarda.

O filho não quer morar com o responsável

É claro que em primeiro lugar é bom que a opinião da criança seja ouvida.

Caso ela não goste de morar com o pai ou a mãe pergunte o porquê.

Se a criança argumenta que prefere tal responsável por que tem maior afinidade, tente entender e respeitar as escolhas da criança.

É importante que se lembre que a escolha dela não é uma ameaça, às vezes é só uma fase.

quem decide com quem o filho fica

Muitas vezes uma série de motivos faz com que a criança não queira morar com você ou o outro responsável.

As brigas, cobranças, estresses, entre outros, acaba influenciando que a criança não queira morar naquele local.

E lembre-se sempre que o mais importante é manter a integridade mental da criança.

Ela deve se sentir amada e respeitada dentro do seu próprio lar.

E muitas vezes, após uma relação conturbada na casa do antigo responsável pode ser “corrigida” com terapia e acolhimento dentro de casa.

O que fazer a seguir?

Depois de ler esse artigo, espero ter respondido a sua dúvida de com quantos anos o filho pode escolher com quem ficar. 

A decisão pode partir do juiz, quando ele for mais novo, ou da própria criança quando for mais velho.

Como mães e pais queremos sempre o melhor para o nosso filho, então é sempre bom ouvir a opinião da criança para que ela se sinta acolhida e respeitada.

Confira também um artigo com dicas de como conversar com seu filho aos 9 anos.

Jussara Santos

Jussara Santos

Jussara Santos, membra da comunidade Mãe Experiente, é mãe de 3 meninas lindas. A Bella, Julia, e Marta. Com mais de 10 anos sendo auxiliar de creche, Jussara se apaixonou em ajudar crianças e trazer conhecimento para suas respectivas mães. No seu tempo livre, Jussara adora levar as meninas para brincar na praia.