Como Lidar Com Filhos Rebeldes Na Adolescência | Guia 2022

por

Os filhos são uma benção e os pais devem sempre amá-los, porém, o que fazer quando o relacionamento está difícil?

É claro que em todo relacionamento que envolve a convivência, haverá momentos de maior tensão e problema.

Mas o que acontece quando não estamos falando de um dia ou outro, e sim de uma fase, de dias contínuos?

como lidar com filhos rebeldes na adolescência

A adolescência é conhecida por ser uma fase de muita rebeldia e complicação entre filhos e pais.

Os filhos se sentem sufocados, pressionados e os pais se sentem desprezados, desrespeitados.

Isso pode ocorrer por diversos fatores e é importante saber lidar com essa fase, para que não prejudique o relacionamento familiar.

Pensando nisso, a mãe experiente traz hoje o artigo: como lidar com filhos rebeldes na adolescência?

É importante manter a transparência e o diálogo, bem como a compreensão.

Por isso veja 8 dicas de ouro.

Como Lidar Com Filhos Rebeldes na Adolescência?

Lidar com os nossos próprios filhos pode ser algo difícil, mas mesmo assim, uma família deve ser unida e amorosa.

Por isso, veja 8 dicas para te ajudar a lidar com essa fase da adolescência de uma forma melhor.

1. Seja Coerente

É extremamente importante que os pais sejam coerentes em suas palavras e também em suas ações.

Se você fala para o seu filho que ele poderá ir na festa se terminar toda a lição, mas ele termina e você resolve não deixar, você está sendo incoerente.

Isso deixará o seu filho irritado e inconformado.

Da mesma forma, se você fala que o seu filho não pode ir numa viagem por ser muito longe, mas deixa o irmão mais novo ir para outro lugar igualmente longe.

É claro que os pais podem ter diferentes motivos ou diferentes raciocínios que os façam tomar uma decisão diferente daquela que tinha sido tomada antes.

Ou que os faça agir diferentemente do que tinham falado.

Porém, nesses casos, você deve ter um argumento convincente e mostrar para o seu filho porque a situação é diferente.

Do contrário, ele se sentirá injustiçado, e até menos amado.

Se algo foi negado ao seu filho por tal justificativa, essa deve valer para todos, inclusive para os pais.

Pense que você obrigou o seu filho a comer os legumes dizendo-lhe que é importante para a saúde.

Mas na janta, você não comeu nenhum legume.

Seu filho ficará irritado por ter sido obrigado a comer os legumes, quando você não os come, certo?

Por isso, é muito importante ser coerente.

2. Seja o Exemplo.

Nesse mesmo pensamento, é muito importante dar o exemplo certo aos seus filhos.

Como dito no item anterior, falar uma coisa e fazer outra, não adianta e pode até ser pior.

Já que seu filho não só não aprenderá, como se tornará mais rebelde e irritado.

A verdade é que, os pais são os primeiros exemplos dos filhos, e estes vão aprender muito tentando seguir seus passos.

filhos rebeldes na adolescência

Por isso, mais importante do que falar, é fazer.

Os filhos podem não sempre ouvir os pais, mas sempre os observam.

Dessa forma, se você der um bom exemplo, você ajuda a conquistar o respeito do seu filho e lhe fornece um bom exemplo, sem sequer falar nada.

3. Seja Verdadeiro.

Apesar do seu filho ser adolescente, é importante ser verdadeiro.

Se a família está passando por uma dificuldade financeira, isso pode ser difícil para o pai admitir.

Mas se você for verdadeiro com a criança, ela entenderá que não é possível gastar muito, e não pedirá mais o que for caro.

Essa pode ser inclusive uma oportunidade para educar financeiramente o seu filho desde cedo.

É claro que é importante mostrar para a criança que essa situação não é vergonhosa, e que está tudo bem.

Por mais que seja importante ser verdadeiro, é essencial que a criança não sinta que precisa ajudar.

Também não deve pensar que é inferior ou nada parecido.

Por isso, é importante ser verdadeiro e também medir as palavras.

Explique de um jeito que a criança possa entender, sem se preocupar, ou se irritar. Para que isso ocorra, você deve ser verdadeiro e explicar direito.

4. Estabeleça Limites.

É importante ser verdadeiro, explicar as coisas, ser coerente, e tudo mais que foi e será dito aqui,

Mas também é imprescindível estabelecer limites.

Coloque um horário para estar em casa, condicione a saída para depois dos estudos e mantenha a disciplina.

Não estabeleça limites muito difíceis, que o seu filho não vá conseguir cumprir e que só vai causar pressão e frustração.

Imponha limites disciplinares e educativos, como horário para voltar para casa, mesada para não gastar a mais, etc.

Com isso, o seu filho deve ter a liberdade dele dentro dos limites.

5. Não Insista em Conversar de Cabeça Quente.

Conforme anteriormente falado, na convivência, definitivamente haverá algumas brigas.

O importante é não deixar que elas se transformem em algo permanente ou que vá causar danos sérios no relacionamento.

E uma dica chave aqui é não conversar de cabeça quente.

Seja porque acabou de ocorrer uma briga, ou porque alguém teve um dia difícil.

Se acalme primeiro, respire fundo.

Se possível, mostre para o seu filho que você não está contra ele, que você está presente, e que conversarão em um momento mais calmo.

Por exemplo, vá até o quarto do seu filho e fale para ele “não durma bravo, não vai conseguir descansar bem. Vamos respirar um pouco e conversamos amanhã”.

Se o seu filho começar a insistir no assunto, fale para ele que está muito agitado e não vão conseguir conversar assim.

É bom que o seu filho aprenda a conversar sem gritar nem se exaltar.

Além disso, conversar de cabeça quente é basicamente a mesma coisa que brigar, e essas brigas que não levam a nada só irão desgastar o relacionamento.

6. Seja Compreensivo.

Mesmo que o seu filho seja adolescente, ele já possui sua própria forma de pensar, seus princípios e prioridades.

É necessário que os pais entendam como os filhos se sentem.

E entendam que os gostos e coisas importantes para os pais, nem sempre são os mesmos dos filhos.

Você deve saber e entender o que é importante para o seu filho.

7. Incentive o Seu Filho.

Não estamos falando de passar a mão na cabeça ou de elogiar coisas muito fáceis ou sem sentido.

Incentive ele a fazer exercícios que goste, e a ir atrás de seus sonhos.

como lidar com rebeldia de adolescente

Aprecie quando ele se esforça bastante, mesmo que o resultado não seja o melhor.

Demonstre para o seu filho que você o apoia e quer o seu sucesso e felicidade.

8. Seja Presente.

Por mais que o seu filho esteja passando por uma fase difícil, é necessário estar sempre presente.

Separe um tempo para conversar e ouvir seu filho, e dedique 100% da atenção para ele nesse momento.

Demonstre interesse na vida dele, mesmo se ele não quiser contar muita coisa.

Vá assistir e apoiar quando ele tiver uma competição.

Por mais que seu filho esteja rebelde, seja presente e parte da vida dele.

Então, Como Lidar Com Filhos Rebeldes na Adolescência?

Separamos 8 dicas para você poder lidar com o seu filho na época mais rebelde de sua adolescência:

  1. Seja Coerente
  2. Seja o Exemplo.
  3. Seja Verdadeiro.
  4. Estabeleça Limites.
  5. Não Insista em Conversar de Cabeça Quente.
  6. Seja Compreensivo.
  7. Incentive o Seu Filho.
  8. Seja Presente.

Veja também, como conversar com o seu filho de 9 anos.

E também temos dicas para o seu filho te respeitar mais em um artigo completo.

Jussara Santos

Jussara Santos

Jussara Santos, membra da comunidade Mãe Experiente, é mãe de 3 meninas lindas. A Bella, Julia, e Marta. Com mais de 10 anos sendo auxiliar de creche, Jussara se apaixonou em ajudar crianças e trazer conhecimento para suas respectivas mães. No seu tempo livre, Jussara adora levar as meninas para brincar na praia.