Como Tirar Meu Filho dos Jogos? Guia 2022

por

Ser pai e mãe é sempre um desafio diário e você nunca sabe o que vai encontrar no caminho.

Um dos desafios que tem se tornado mais comuns entre os pais é ter que lidar com os jogos, como vídeo games e etc.

Isso porque esses jogos online e videogames se tornaram tão populares entre os jovens que acabaram virando vício.

como tirar meu filho dos jogos

Ficam horas e horas jogando, deixando de fazer coisas como se alimentar bem, tomar banho e estudar.

Com isso, obviamente, os pais passam a se preocupar.

Mas será que brigar, tentar tirar os videogames, funciona?

Veja neste artigo: como tirar meu filho dos jogos?

É importante tentar entender o seu filho e os seus gostos, ao invés de simplesmente julgá-lo e brigar.

Depois de entender como funciona, é mais fácil para poder impor os limites sem causar mais atrito.

Quer ver essa e mais dicas?

Leia o artigo até o fim!

Como Tirar Meu Filho dos Jogos?

Veja as melhores dicas para ajudar o seu filho quando este se encontra envolvido excessivamente nos jogos.

1. Peça para jogar junto.

Essa dica pode parecer esquisita para quem está tentando fazer o filho parar de jogar, mas é importante entender como o jogo funciona.

Assim, você pode verificar se o conteúdo é apropriado. Caso não seja, procure jogos com conteúdos mais próprios para a faixa etária do seu filho.

Assim, você não proíbe, mas propõe uma troca que poderá ser mais facilmente aceita. Temos um artigo aqui no blog com recomendações de jogos infantis.

Entendendo o jogo, você também poderá entender se é possível pausar, quanto tempo dura uma partida, quando ocorrem os torneios e jogos mais importantes.

É importante que os pais tenham para si que, apesar dos jogos não serem algo relevante e necessário, é importante para o seu filho.

Dessa forma, os torneios mais importantes e partidas decisivas podem ser muito importantes, e impedi-las pode causar uma revolta.

É claro que no caso de um jogo com vários torneios, você, entendendo o jogo, poderá argumentar melhor.

Por exemplo, “você tem que estudar para as provas, essa partida não é tão importante, é melhor você estudar agora do que no torneio da semana que vem”.

Se você entende como o jogo funciona, o que é mais importante no jogo, você pode argumentar com o seu filho para chegar a um consenso junto.

E com argumentos racionais, que levam em consideração o jogo e o interesse do seu filho, este não terá argumentos viáveis para discordar.

Além disso, você evitará ser enganado, por exemplo, se o seu filho terminar aquela partida que vocês combinaram ser a última, e começar outra dizendo ser a mesma, você saberá.

Ainda, você demonstra para o seu filho que você se importa com os gostos dele e com o que ele considera importante.

Por fim, passando esse tempo junto, você poderá entender melhor o motivo pelo qual o seu filho gosta tanto do jogo.

Pode ser que ele só goste de jogar, que ele tenha alguma aptidão, como também pode ser por algum problema.

Há quem entenda que algumas crianças se voltam aos jogos por dificuldade nos estudos, por dificuldade em sociabilizar ou até por carência de afeto dos pais.

Nesses casos, seria ideal saber esse motivo, para ajudá-lo.

2. Imponha limites.

Agora que você sabe como o jogo funciona, fica mais fácil negociar os limites com o seu filho.

Demonstre para ele que mesmo o jogo sendo relevante e que você o respeita, ele também tem a obrigação de se dedicar aos estudos, higiene e etc.

Por isso, você pode fazer um acordo com ele, condicionando o jogo para depois da lição de casa.

E jogar somente nos fins de semana quando estiver em período de provas, e liberar um pouco mais de tempo de jogo durante as férias.

É relevante lembrar que alguns jogos possuem partidas de longas horas.

como tirar meu filho do computador

Então limites como “você só pode jogar 2 horas por dia”, sendo que 1 partida dura 4 ou 6 horas, não ajuda.

Você pode pensar, nesses casos, em um tempo mais longo e semanal, por exemplo, 15 horas semanais.

O importante aqui, é negociar os limites com o seu filho.

3. Seja firme nas decisões.

É essencial que os pais sejam coerentes e firmes quando fazem acordos com os filhos.

Dessa forma, se seu filho não está cumprindo o acordo, é preciso demonstrar para ele que há consequências na falta de responsabilidade.

E principalmente na quebra de confiança.

Se seu filho está agindo mal, coloque o computador e videogame em uma sala compartilhada em que será mais fácil de supervisionar o uso.

O seu filho deve entender que isso ocorreu porque ele quebrou a confiança.

E portanto somente ficar pedindo desculpas ou falar que não acontecerá de novo não serve.

Se é a primeira vez, e ele não excedeu muito o combinado, você pode somente lhe dar uma bronca.

Porém, se a situação se repetir, você deve ser mais dura.

Para que ele obedeça é necessário que o seu filho te respeite, temos um guia completo aqui no blog com dicas de como fazer o seu filho te respeitar.

4. Incentive outras atividades.

Além do estudo, é bom que você mostre outras atividades que são importantes como manter o quarto limpo, praticar atividades físicas e tomar um pouco de ar.

Estabelecido os limites, quando atingidos, o seu filho precisa ter algo para fazer.

Por isso, incentive novas atividades como ler, jogar bola e etc.

Fale com ele, veja o que ele gosta e tem interesse, e procure formas de incentivar.

Vocês podem fazer um passeio no parque, ou dar uma volta de bicicleta.

Como Tirar Meu Filho do Celular?

Ultimamente as crianças acabam se acostumando desde cedo com o celular, e ficam a maior parte do tempo com ele.

Aqui também é importante impor limites, como restringir o tempo de uso, a forma de uso e etc.

Para isso você pode contar com alguns aplicativos, deixaremos um link para um artigo sobre, mais abaixo.

Além disso, ofereça outras atividades para o seu filho, e ache outras formas de mantê-lo ocupado.

Como o uso do celular pode ser feito para várias coisas diferentes, verifique o que é que ocupa mais tempo do seu filho para poder sugerir outra opção.

Por exemplo, se o seu filho usa muito o celular conversando com os amigos, ofereça para que ele chame os amigos para sair.

Como Tirar Meu Filho do Computador?

O computador é algo parecido com o do celular, já que pode ser usado para jogar, para redes sociais, compras e etc.

Por isso, é importante saber o que o seu filho tanto faz no computador, e se pode haver outra opção para substituir.

como tirar meu filho do celular

Se ele usa o computador para estudar, pode ser que a internet ainda seja a melhor forma de fazer a pesquisa necessária.

Dessa forma, pode ser difícil tirar o computador.

Mas se ele usar para redes sociais, ou para ver vídeos, você pode conversar e negociar.

Então, Como Tirar Meu Filho dos Jogos?

Para tirar o seu filho dos jogos, recomendamos as seguintes dicas:

  • Peça para jogar junto e entenda como é o jogo, e a sua importância na vida do seu filho;
  • Imponha limites;
  • Seja firme nas decisões; e
  • Incentive outras atividades.

Para tirar o seu filho do celular ou do computador, você também deve verificar o que os faz gastar tanto tempo neste dispositivo.

Assim, pode buscar oferecer outras opções e atividades.

Para o celular, você pode ainda verificar como monitorar as atividades do seu filho.

Já no computador, você pode bloquear alguns canais de vídeo impróprios para o seu filho.

Jussara Santos

Jussara Santos

Jussara Santos, membra da comunidade Mãe Experiente, é mãe de 3 meninas lindas. A Bella, Julia, e Marta. Com mais de 10 anos sendo auxiliar de creche, Jussara se apaixonou em ajudar crianças e trazer conhecimento para suas respectivas mães. No seu tempo livre, Jussara adora levar as meninas para brincar na praia.