Grávida Pode Doar Sangue? Guia 2022

por

A gestação é uma fase que exige cuidados, porque algumas atividades não são recomendadas neste período. Neste artigo, eu te conto se grávida pode doar sangue.

A gestação é um período em que o corpo da mulher se volta para o desenvolvimento do bebê. Então, algumas atividades não são recomendadas para as gestantes.

gravida pode doar sangue

Mas será que grávida pode doar sangue? Essa dúvida é comum entre as futuras mamães.

Para ajudá-las, eu procurei o meu ginecologista. Ele me disse que não é recomendado que as grávidas doem sangue durante a gestação.

Você vai saber os motivos disso neste artigo. Aqui, eu também conto se as mães que estão amamentando podem doar sangue, então continue lendo.

Por que doar sangue é importante?

O sangue é um fluido corporal importante para o bom funcionamento do organismo.

Através do sangue são distribuídos nutrientes, gás oxigênio e hormônios para todo o corpo.

Além de nutrir as células do organismo, o sangue é o responsável por remover resíduos produzidos durante as etapas do metabolismo.

Por esses motivos, doar sangue faz toda a diferença. Acidentes ou procedimentos médicos podem provocar a perda de sangue.

A doação ajuda a repor a quantidade de sangue necessária para o funcionamento do organismo.

Cada doação pode salvar até quatro pessoas. Então, se possível, doe sangue.

Requisitos básicos para doar sangue

  • Estar em boas condições de saúde
  • Ter entre 16 e 69 anos (menores de 18 anos precisam de um formulário de autorização assinado pelos responsáveis)
  • Pesar no mínimo 50 kg
  • Ter dormido pelo menos 6h nas últimas 24 horas
  • Ter se alimentado (não consumir alimentos gordurosas 4 horas antes da doação)

Grávida pode doar sangue?

Segundo artigo da Revista Crescer, as grávidas produzem um volume de 30% a 50% a mais da parte líquida de sangue, o plasma, e de hemácias, que são as células que transportam oxigênio para o corpo. 

Apesar do aumento, não é recomendado que as gestantes doem sangue.

posso doar sangue na gravidez

Porque o corpo da gestante está voltado para garantir o bom desenvolvimento do bebê, o que deixa o organismo da mãe vulnerável.

Isso quer dizer que o aumento na quantidade de sangue serve para suprir as necessidades da mãe e do bebê durante a gestação.

A doação de sangue durante a gravidez também coloca em risco a saúde da mulher e do bebê. Porque são retiradas diversas substâncias importantes para a nutrição dos dois.

Então, a doação de sangue pode comprometer o nível de ferro do organismo da mulher, o que causa anemia.

Além disso, se a gestante desmaia durante ou após a gestação, o tombo pode causar danos ao bebê.

Mãe amamentando pode doar sangue?

As gestantes não podem doar sangue. Mas esse impedimento também serve para as mães que estão amamentando?

A Fundação Pró-Sangue, do Hemocentro do Estado de São Paulo, afirma que a doação de sangue não é permitida durante a amamentação.

Os motivos para essa restrição são os mesmos no caso das grávidas. Para produzir o leite, o organismo da mulher precisa de diversas vitaminas e minerais.

A doação de sangue pode reduzir os níveis dessas substâncias no corpo da mulher, o que pode causar anemia ou falta de vitaminas.

Isso pode reduzir a quantidade de leite produzido, o que afeta a nutrição do bebê.

Então, é recomendado que não se doe sangue durante o período de amamentação.

Quando a mulher pode doar sangue?

Você descobriu neste artigo que as grávidas não podem doar sangue. Isso porque o aumento da produção de sangue neste período serve para nutrir a mulher o bebê.

doar sangue na gravidez faz mal para o bebe

Assim, a doação de sangue durante a gestação pode reduzir os níveis de minerais e vitaminas importantes para a mulher e o desenvolvimento saudável do bebê.

As mulheres podem doar sangue após três meses de realização do parto normal ou seis meses se tiverem realizado cesária.

A cesária exige um período de recuperação maior porque é perdida uma maior quantidade de sangue durante o procedimento.

Mas atenção: a mulher não pode doar sangue se estiver amamentando. Porque o organismo da mãe precisa de vitaminas e minerais para produzir o leite.

Uma doação de sangue pode reduzir os níveis dessa substâncias e diminuir a quantidade de leite produzido, o que pode provocar anemia e outras doenças causadas por falta de vitaminas e minerais.

Confira também um artigo completo sobre o puerpério emocional aqui no blog.

Photo of author

Jussara Santos

Jussara Santos, membra da comunidade Mãe Experiente, é mãe de 3 meninas lindas. A Bella, Julia, e Marta. Com mais de 10 anos sendo auxiliar de creche, Jussara se apaixonou em ajudar crianças e trazer conhecimento para suas respectivas mães. No seu tempo livre, Jussara adora levar as meninas para brincar na praia.