Mãe Com Sífilis Pode Amamentar? Guia 2022

por

A sífilis é uma doença infecciosa que pode ser transmitida pela mãe ao bebê. Por esse motivo, existe a dúvida se a mãe com sífilis pode amamentar.

O diagnóstico de sífilis deixa a grávida com diversas dúvidas. Isso porque se sabe que essa doença é ainda mais perigosa em gestantes.

Se não tratada, essa doença pode provocar danos nos olhos, pele, ossos, coração e sistema nervoso. Casos graves de sífilis podem levar à morte.

mae com sifilis pode amamentar

É sabido que a amamentação é essencial para o desenvolvimento saudável do bebê. Porque o leite materno, além de nutrir, protege a criança contra várias doenças.

Mas uma mãe com sífilis pode amamentar o seu filho? Eu respondo essa dúvida neste artigo.

Aqui você também vai saber em quais casos a mãe pode contaminar o seu bebê, então continue lendo.

Tenho sífilis. Posso contaminar o meu bebê?

A sífilis é uma doença infecciosa causada pela bactéria Treponema pallidum.

Essa doença deve ser tratada precocemente, pois pode provocar danos a vários órgãos e atingir o sistema nervoso.

Segundo o Ministério da Saúde, são três os estágios de desenvolvimento dessa doença: sífilis primária, secundária e terciária.

Apesar do paciente quase não ter sintomas no terceiro estágio da doença, a sífilis volta a ser agressiva após um período de tempo. Nessa fase, pode provocar paralisia, cegueira, problemas cardíacos e até a morte.

O risco de contaminação é maior nos dois primeiros. A transmissão acontece principalmente por relação sexual sem o uso de preservativo.

Por esse motivo, a sífilis é considerada uma infecção sexualmente transmissível (IST).

Segundo o portal do médico cancerologista Drauzio Varella, essa doença também pode ser transmitida da mãe para o bebê.

Apesar de raros, os casos de contaminação entre mães e filhos ocorrem por transfusão de sangue ou contato direto com o sangue contaminado.

Ao receber o diagnóstico de sífilis, a gestante e o parceiro devem iniciar o tratamento adequado para a doença.

Sem o tratamento, a mãe pode contaminar o bebê durante a gestação ou no parto. Quando isso acontece, gera uma variação da doença, que é chamada de sífilis congênita.

sifilis pode passar na amamentação

Sintomas da sífilis

Sífilis primária

  • Ferida no local de entrada da bactéria que aparece de 10 a 90 dias após o contágio. Essa ferida desaparece mesmo se o tratamento não for realizado
  • Podem surgir caroços na virilha

Sífilis secundária

  • Manchas no corpo
  • Febre
  • Mal-estar
  • Dor de cabeça
  • Caroços pelo corpo

Sífilis terciária

  • Lesões na pele
  • Problemas cardiológicos e neurológicos.

Mãe com sífilis pode amamentar?

Apesar da sífilis ser uma doença altamente contagiosa, ela não é transmitida pelo leite materno.

Isso quer dizer que a mãe que tem sífilis pode amamentar o seu filho.

Mas é preciso ter alguns cuidados. Como essa doença é transmitida pelo contato direto com o sangue contaminado, a mãe deve verificar se não tem qualquer machucado nas mamas.

Porque o sangue que sai de pequenos cortes pode contaminar o bebê.

Então, cuide bem da região das mamas. Sempre que possível, olhe se a pele está machucada.

Sem contato com o sangue contaminado da mãe, a criança pode amamentar normalmente.

Como prevenir que o meu bebê tenha sífilis?

Realizar um pré-natal adequado ajuda a prevenir que a mãe transmita sífilis para o bebê.

pode amamentar com sifilis

As mães devem realizar o teste de sífilis, pelo menos, no 1º e 3º trimestres de gravidez.

O Ministério da Saúde também recomenda que o exame seja feito em casos de exposição de risco à doença.

O diagnóstico precoce da doença permite iniciar o tratamento antes do avanço da sífilis na gestante e no seu parceiro.

Conclusão

A sífilis é uma doença altamente contagiosa que pode ser transmitida em relações sexuais desprotegidas ou com o contato direto ao sangue contaminado.

Essa doença também pode ser transmitida da mãe para o bebê durante a gestação ou no momento do parto.

Então, é preciso que a gestante realize exames periódicos para saber se é ou não portadora da bactéria que causa a doença.

Neste artigo, você descobriu também que mães que têm sífilis podem amamentar os seus filhos. Isso porque a doença não é transmissível pelo leite materno.

Mas é preciso ter cuidado para que a criança não tenha contato com o sangue contaminado. Por isso, fique atenta aos pequenos machucados na região das mamas.

Veja também se mãe com covid pode amamentar recém-nascido.

Jussara Santos

Jussara Santos

Jussara Santos, membra da comunidade Mãe Experiente, é mãe de 3 meninas lindas. A Bella, Julia, e Marta. Com mais de 10 anos sendo auxiliar de creche, Jussara se apaixonou em ajudar crianças e trazer conhecimento para suas respectivas mães. No seu tempo livre, Jussara adora levar as meninas para brincar na praia.