O Que É Mãe Narcisista? Guia 2022

por

A mãe é um personagem muito relevante na vida de uma pessoa, qualquer que seja.

Assim, não ter a mãe ou ter um relacionamento ruim com a mãe pode acabar afetando o filho.

E não só isso, mas todos nós somos suscetíveis a problemas, e alguns desses problemas podem afetar nossos filhos.

o que é mãe narcisista

Por isso, o tema de hoje será sobre o transtorno narcisista e como ele pode afetar a maternidade.

Então: o que é mãe narcisista?

É quem apresenta um quadro de narcisismo materno patológico, ou seja, possui um transtorno narcisista que afeta a forma com que lida com a maternidade.

Isso pode se manifestar de diversas formas como: controle exagerado, cobranças excessivas, entre outros.

Por isso continue lendo mais e aprenda sobre esse tema!

O Que é uma Mãe Narcisista?

Mãe narcisista é aquela que sofre de Transtorno de Personalidade Narcisista (TPN) [1].

Tendo uma influência direta no modo em que trata os filhos, como os cria e até como os vê.

O que é narcisismo?

O narcisismo vem da mitologia grega em que o jovem Narciso morre após se deslumbrar com a própria beleza do seu reflexo no rio.

Com isso, temos o termo popular “narcisista”, em que as pessoas utilizam para comumente descrever alguém com complexo de superioridade, que pensa somente em si e etc.

Mas o TPN, na forma de transtorno, não é algo assim trivial. É uma patologia que afeta a personalidade da pessoa e afeta suas relações.

Essa pessoa pode apresentar sintomas como: 

  • Sentimento de superioridade, ou seja, alguém que exagera suas conquistas, que subestima a capacidade dos outros, enquanto superestima a sua.
  • Sente que merece mais do que a realidade, sente que seus talentos e competências são mais do que são, sem nenhum motivo para essa crença.
  • Sente necessidade de admiração. 
  • Apresenta falta de empatia.

Veja que isso se trata de uma patologia, não sendo uma maldade, um desvio de caráter, mas uma condição psicológica a ser tratada por especialista.

Como o narcisismo afeta a maternidade?

O TPN afeta a maternidade pois afeta o modo que a mãe vê o filho e se relaciona com ele.

É muito comum com mães narcisistas:

  • Preferência clara entre os filhos.
  • Comparação entre os filhos ou dos filhos com terceiros.
  • Cobranças excessivas.
  • Controle abusivo.
  • Exploração dos filhos, para ganho pessoal.
  • Arrogância para falar e agir.
  • Uso de manipulação e chantagem.
  • Busca por um lugar de superioridade.

Vemos, portanto, que esse transtorno de personalidade afeta muito a criação dos filhos.

Podendo até causar problemas psicológicos na criança.

Há diferentes formas desse transtorno se manifestar, podendo ocorrer de filhos de mãe narcisistas experimentarem diferentes realidades.

Alguns filhos de mães narcisistas revelam situações em que a mãe procura não permitir o crescimento dos filhos para que permaneçam “debaixo de sua asa”.

Relatam ainda a obsessão da mãe em controlar a vida do filho, sempre se mostrando insatisfeita, fazendo duras críticas e criando regras exageradas.

É comum que quando a mãe narcisista tenha mais de um filho, demonstre clara preferência por um ou dois filhos, negligenciando os demais.

Criando um ambiente de comparação tóxica em que um dos filhos é constantemente colocado numa posição inferior.

como lidar com mãe narcisista

Ainda há filhos que afirmam que a mãe os vê como uma ameaça, como alguém que não pode estar acima dela.

Ou o extremo oposto, que o filho é visto como uma extensão sobre si, passando para o filho os seus sonhos, aspirações, vontades e frustrações.

A mãe narcisista também pode colocar-se numa posição de superioridade em que é boa demais até para os filhos.

Ou colocar-se em uma posição de vítima, que não é compreendida nem apreciada.

Algo comum é a mãe invadir a privacidade do filho, não ter empatia pelas suas dificuldades, e colocar o filho em uma situação constrangedora.

Ou seja, apesar de poder se manifestar de diferentes formas.

Afetando os filhos de maneiras diversas, a origem do problema é uma só, o transtorno de personalidade narcisista materno.

Por Que Isso Ocorre? O Que Fazer?

Como dito anteriormente, se trata de um transtorno de personalidade e não necessariamente de um desvio de caráter.

E muitas vezes, relata-se que esse transtorno reflete uma infância conturbada da mãe narcisista.

Crianças que crescem em ambientes tóxicos ou conturbados, tendem a perceber certos comportamentos errados como normais.

Por terem convivido com aquilo, a pessoa acaba aceitando aquela realidade como algo comum.

Além disso, um ambiente em que os pais, ambos ou um só, não era presente ou não era afetuoso, pode criar uma carência e uma insegurança no filho.

E isso pode acabar se manifestando como uma mãe narcisista no futuro.

Dessa forma, o melhor a se fazer, é procurar o diagnóstico e o tratamento por um especialista.

Infelizmente, lares tóxicos não são tão incomuns, e um tratamento psicológico ou até psiquiátrico seria o ideal.

O Que Fazer Sobre o Filho de Uma Mãe Narcisista? 

O ideal é que, caso a mãe esteja em tratamento, o filho também passe por uma ajuda.

Para compreender melhor os seus sentimentos e poder curar quaisquer traumas causados.

Porém, é comum que a mãe não reconheça seu quadro, e assim dificulta qualquer possibilidade de ajuda.

Nesse caso, quando o filho cresce, o mais saudável é, infelizmente, buscar um distanciamento desse ambiente para que possa crescer e se descobrir.

Além disso, o tratamento é sempre recomendado.

Mas se o filho ainda for menor de idade, dificilmente poderá se distanciar desse ambiente ou ter um tratamento.

Nesse caso, o que se recomenda é que um adulto forneça um amparo para essa criança e busque suavizar as atitudes errôneas dessa mãe.

Assim, se a mãe narcisista põe o filho para baixo e favorece outro filho.

Se essa criança tem um adulto que lhe faça elogios, que lhe ajude a recuperar a auto-estima, as consequências serão suavizadas.

Claro que o ideal seria a criança ter um acompanhamento psicológico, mas só de ter alguém do seu lado que possa confortá-lo.

Como Lidar com uma Mãe Narcisista?

Apesar de aparentar ser uma pessoa com muito amor próprio, estudos afirmam que não só a mãe narcisista como o narcisista no geral é uma pessoa frágil.

O narcisista seria na verdade uma pessoa frágil, com baixa autoestima, muita carência de se sentir amado, e que se sente, muitas vezes, desamparado e até solitário.

Comumente, seria uma pessoa que não teve o seu desenvolvimento emocional acolhido pelos pais ou responsáveis.

Por isso, na medida do possível, deve se buscar ajuda para essa pessoa, sem julgá-la como ruim.

É claro que se essa pessoa for uma mãe que estiver fazendo mal para o filho, e esse conseguir se afastar desse ambiente, é recomendado que o faça.

Mas se possível, para um terceiro, ou para quem puder, auxiliar essa mãe a ver que ela precisa de um acompanhamento psicológico.

Então, como explicamos uma Mãe Narcisista?

A mãe narcisista é a que sofre de Transtorno de Personalidade Narcisista (TPN).

Esse transtorno, que costuma ter origem em uma infância conturbada, acaba fazendo com que essa mãe se veja de forma distorcida da realidade.

Afetando o relacionamento com o seu filho.

o que fazer com mãe narcisista

Dentre as características estão:

  • Sentimento de superioridade.
  • Crença de que merece mais.
  • Necessidade de admiração.
  • Falta de empatia.
  • Preferência clara entre os filhos.
  • Comparação entre os filhos ou dos filhos com terceiros.
  • Cobranças excessivas.
  • Controle abusivo.
  • Exploração dos filhos, para ganho pessoal.
  • Arrogância para falar e agir.
  • Uso de manipulação e chantagem.
  • Busca por um lugar de superioridade.
  • Invasão de privacidade.
  • Coloca os filhos em situações constrangedoras.

Mas apesar de algumas características serem comuns a mães narcisistas, a realidade que passam com os filhos podem ser diferentes.

Os sintomas do TPN não significam que todo filho de mãe narcisista irá passar pelo mesmo cenário.

Algumas mães passam seus sonhos e frustrações para o seu filho, o vendo como uma extensão de si.

Já outras boicotam seus sonhos para que não as abandone e veem o filho como uma posse.

Mas a boa notícia é que esse transtorno pode ser tratado por médicos especialistas.

E a terapia é altamente recomendada tanto para a mãe narcisista quanto para o seu filho.

No caso da mãe narcisista rejeitar que tenha algum problema, e rejeitar ajuda, é importante que o filho tenha algum adulto que possa lhe dar suporte.

Veja também as melhores opções de livros que falam sobre maternidade.

Continue com a mãe experiente e saiba sempre mais.

Jussara Santos

Jussara Santos

Jussara Santos, membra da comunidade Mãe Experiente, é mãe de 3 meninas lindas. A Bella, Julia, e Marta. Com mais de 10 anos sendo auxiliar de creche, Jussara se apaixonou em ajudar crianças e trazer conhecimento para suas respectivas mães. No seu tempo livre, Jussara adora levar as meninas para brincar na praia.