Posso Amamentar Estando Grávida? Guia 2022

por

A vida é imprevisível e nunca sabemos quando o inesperado pode nos atingir.

Muitas vezes a gravidez ocorre de forma inesperada, sem que os pais ou futuros pais a tenham planejado ou até se preparado para isso.

E mais inesperado ainda é que venha uma gravidez logo após a outra, porém é possível.

posso amamentar estando gravida

Em geral, esse tipo de gravidez é a que mais surpreende.

Já que há uma crença de que não é possível engravidar enquanto ainda está amamentando.

Mas isso não passa de uma crença não verídica.

Dessa forma, resta a pergunta: posso amamentar estando grávida?

E a resposta é: sim, a mulher grávida pode amamentar.

Desde que não haja uma contraindicação do médico e um acompanhamento de perto da nova gravidez.

Quer saber mais? Continue lendo este artigo.

Posso Amamentar Estando Grávida?

Se o médico não identificar qualquer risco, fazendo o acompanhamento de perto da nova gravidez.

Apesar de não haver tantos estudos sobre como isso pode afetar futuramente, o que se sabe é a importância do leite materno para um bebê.

E que até o momento do parto não há prejuízos, em uma gravidez sem riscos a mais.

Ainda assim, amamentando durante a gravidez, é recomendado o acompanhamento da mãe e do feto para ter certeza de que ambos estão saudáveis.

Importância da amamentação

A recomendação médica é que o leite materno seja a única fonte de alimento do bebê até os 6 primeiros meses de vida.

Período quando pode começar a introdução alimentar.

Idealmente, o leite materno deve ser retirado aos poucos, permanecendo até os 2 anos de idade.

Claro que esse é o cenário ideal que nem sempre é possível por diversos fatores pelos quais a mãe não tem culpa.

No caso de impossibilidade de amamentação, seja pelo motivo que for, deve-se consultar o médico para verificar um suplemento alimentar.

Porém, na medida do possível, o leite materno deve ser mantido por pelo menos 6 meses.

O leite materno é o alimento mais rico para os bebês, mesmo que o sabor seja alterado pela gravidez.

Quando Não Amamentar Estando Grávida?

Risco de parto prematuro

Há quem diga que a amamentação pode prejudicar a gravidez, podendo resultar num parto prematuro.

Isso porque afirma-se que o movimento de sucção causa a contração, que pode resultar no aceleramento do parto.

Por essa razão, a amamentação não é recomendada para gravidez de risco, e qualquer outro caso em que o médico afirme ser um problema.

mulher grávida pode amamentar

Não havendo contraindicação, e sendo o desejo da mãe, esta pode continuar amamentando.

Hormônios da leite afetam a gravidez

Há dois hormônios principais a tratar aqui: a prolactina e a ocitocina.

A prolactina não irá afetar em nada a gravidez, porém, a produção de leite pode ser afetada se não houver o constante estímulo da sucção.

E esse pode ser um fator, como veremos no próximo tópico.

Já o hormônio da ocitocina pode sim ter uma ligação com as contrações, em especial a partir da 24ª semana.

Por isso, novamente, não é recomendado permanecer amamentando em casos de risco.

Para casos em que o médico não verificar nenhum problema, a amamentação pode ocorrer sem que isso cause qualquer prejuízo.

Desmame natural

É possível que ocorra o desmame natural por alguns motivos, seja porque com a gravidez o bebê fica sem espaço para o colo em que costuma mamar.

Ou porque a gravidez e a amamentação são cansativas, e podem deixar a mãe sonolenta.

Além disso, os mamilos podem ficar mais sensíveis durante a gravidez, fazendo com que a amamentação cause grande desconforto e até dor, podendo até se fazer necessário o uso de pomadas para amamentação.

Neste caso, a mãe não deve se forçar, principalmente caso o primeiro filho já esteja se alimentando de outras formas.

E Quando o Bebê Nascer?

Outra dúvida que pode surgir é se quando o segundo bebê nascer, se será possível amamentar os dois ao mesmo tempo.

A resposta, novamente, é sim.

É importante ressaltar que o leite materno se adapta ao crescimento do bebê.

Por isso, com o nascimento do segundo filho, o leite materno irá mudar para suprir as necessidades deste.

Mas não há qualquer prejuízo no seu filho mais velho tomar o leite materno junto com o segundo filho.

Porém, a prioridade deve ser do filho mais novo que necessita mais dos nutrientes do leite materno.

Enquanto o mais velho já deve ter outras fontes de alimento.

Como Garantir Nutriente para Os Dois Filhos?

Com a gravidez e amamentando um filho pequeno, deve surgir também a preocupação sobre garantir os nutrientes necessários aos filhos.

No geral, o próprio organismo da mãe irá aumentar a fome para que ela coma o suficiente para ter nutrientes para amamentar e para si mesma.

Dessa forma, não se deve “lutar contra” essa fome.

É comum, principalmente nos dias atuais, que após ter o filho, a mãe se esforce para perder o peso ganho durante a gravidez.

Até mesmo controlando a alimentação.

Porém isso não é saudável, já que o leite materno será prejudicado.

É importante que a lactante se alimente bem, por isso, durante o período de amamentação, ela deve comer bastante e procurar alimentos saudáveis e diversos.

Assim, garantindo bastante nutriente e um leite bem rico.

Então, Posso Amamentar Estando Grávida?

Sim, é possível desde que não haja contraindicação médica, e com acompanhamento da mãe e do feto.

A amamentação é muito importante, sendo essencial durante os primeiros 6 meses de vida.

E recomenda-se que permanece presente na alimentação do bebê até os 2 anos.

grávida pode amamentar

Ainda assim, com uma nova gravidez, podem haver alguns fatores impeditivos.

Por haver risco de parto prematuro, é importante que a gravidez não seja de risco.

Além disso, é muito comum que ocorra um desmame natural, pelo qual a mãe não deve se culpar nem se sentir mal.

Quando o bebê nascer, também é possível amamentar os dois.

Devendo dar prioridade ao mais novo que não deve ter o leite materno como alimento exclusivo até os 6 meses de idade.

Para que tudo isso seja possível, é de grande importância que a mãe consuma bastante nutrientes, para suprir sua própria necessidade, e a dos filhos.

De forma que não se deve conter a fome, e sim se alimentar bem para que o leite materno seja ainda mais rico.

E se de forma alguma você consiga amamentar com leite materno, temos uma seleção dos melhores leites para o seu bebê recém nascido.

Outra grande dúvida que surge é se mães com intoxicação alimentar podem dar de mamar para o seu bebê.

Jussara Santos

Jussara Santos

Jussara Santos, membra da comunidade Mãe Experiente, é mãe de 3 meninas lindas. A Bella, Julia, e Marta. Com mais de 10 anos sendo auxiliar de creche, Jussara se apaixonou em ajudar crianças e trazer conhecimento para suas respectivas mães. No seu tempo livre, Jussara adora levar as meninas para brincar na praia.